Optimizar site para aparecer no Google

 

Optimizar site para o Google

Veja quais os principais conselhos que lhe podemos dar para optimizar o seu site, ou loja online para aparecer melhor posicionado no Google.

Optimizar um site é uma tarefa trabalhosa. Existem uma serie de factores de posicionamento usados para calcular a posição das páginas nas listagens de pesquisas no Google.

 

Aparecer no Google

Para aparecer no Google, as suas páginas têm de fazer parte do index do Google. Além disso está implicito na expressão aparecer no Google que alguma página dos seu site ou plataforma de ecommerce apareça na primeira página do google.

Apenas se consegue aparecer nos resultados do google para os termos com relevância nos conteúdos do seu site ou loja online. Além disso o seu site ou plataforma de e-commerce não é são os unicos a competir pelos melhores lugares nas listagens de resultados. Pelo que para aparecer no Google na maior parte das vezes é necessário optimizar o seu site de modo a conseguir obter o maximo de impressões de páginas suas nos resultados, e conseguir motivar os utilizadores para clicar no seu link.

 

Página no Google

Para ter a sua página no Google ela tem de estar indexada e o Google atribuir-lhe a importância necessária para aparecer nas primeiras páginas dos resultados de pesquisa. Para efectuar a optimização deverá ter atenção a vários aspectos do conteúdo do seu website ou loja virtual. Existe uma serie de factores que afectam a posição das páginas no Google, uns mais importantes que outros. Dependendo da competição poderá ser mais ou menos trabalhoso, e dispendioso, conseguir boas posições nos resultados das pesquisas.

 

Principais optimizações

De seguida apresentamos os principais elementos a optimizar no site ou loja virtual, para que ele tenha maior potencial de aparecer no Google. Não se esqueça que a sua competição também procura os mesmos resultados pelo que ter a página no Google para alguns termos de pesquisa é uma tarefa dificil.

 

Ter titulos das páginas únicos

Todas as páginas devem ter titulos atribuidos. Mas esses titulos das páginas devem ser únicos, não repetidos, no seu site.

<head><title /></head>

Este factor é muito importante no posicionamento nos resultados de pesquisa do google.

Nas nossas plataformas de e-commerce os titulos das página são os nomes atribuidos aos artigos, categorias, marcas e páginas informativas.

A ferramenta de optimização melhorias de HTML das Ferramentas para Webmaster do Google permite descobrir os titulos de página duplicados existentes no seu site.

 

Não ter titulos das páginas muito longos

Os titulos devem ter entre 10 e 60 caracteres. Se observar os resultados de pesquisa no Google deve reparar que os titulos muito longos são cortados. Deve por isso procurar que os seus titulos não sejam cortados, limitando o tamanho dos tituos das páginas a 60 cararcters.

<head><title /></head>

Nas nossas plataformas de e-commerce os titulos das páginas são os nomes atribuidos aos artigos, categorias, marcas e páginas informativas.

A ferramenta de optimização melhorias de HTML das Ferramentas para Webmaster do Google permite descobrir os titulos de página muito curtos ou muito longos existentes no seu site.

 

Ter multiplos titulos e sub-titulos no contéudo das páginas

Além dos titulos da página existem, os titulos do contéudo de texto da página. Estes titulos são formas de agrupar conteúdos relacionados e fornecem informação de relevância para os motores de pesquisa. Existem vários titulos. O principal é o <h1>.

<h1> <h2> <h3>

Este factor é muito importante no posicionamento nos resultados de pesquisa do google.

Nas nossas plataformas de e-commerce os titulos principais <h1> são os nomes atribuidos aos artigos, categorias, marcas e páginas informativas. No rodapé são usados os sub-titulos <h3> Nos textos das páginas pode inserir os sub-titulos <h2>.

 

Ter texto de ligações concisos e relevantes

As ligações entre páginas que existem no seu site ou loja online, devem ser relevantes quer no contexto da página que tem a ligação, quer da página de destino. Não deve usar expressões genericas como, "clique aqui", mas sim algo mais especifico e relacionado com o tema.

<head><meta description></head>

Nas nossas plataformas de e-commerce os textos para os links na página são os nomes atribuidos aos artigos, categorias, marcas e páginas informativas. Pode alterar o texto descritivo atribuido a cada um destes elementos na área de gestão.

 

Ter uma página de erro 404 personalizada

Quando o servidor não encontra a página pretendida, o servidor web apresenta uma página de erro simples que está pre-definida no servidor. Normalmente é possivel alterar a página de erro pré-definida de forma a redirecionar para uma página mais informativa que apresente opções de navegação no seu site.

Esta optimização é secundária face à eliminação das ligações (links) quebrados, ou seja que apontam para uma página inexistente, e dá então origem aos erros 404.

 

Ter meta descrições únicas em cada página

Todas as páginas devem ter meta descrições atribuidas. Mas essas descrições das páginas devem ser únicas, não repetidas, no seu site ou loja online.

<head><meta description></head>

Nas nossas plataformas de e-commerce pode indicar estas descrições de página individualmente nos artigos, categorias  e páginas informativas.

A ferramenta de optimização melhorias de HTML das Ferramentas para Webmaster do Google permite descobrir as descrições de página duplicadas, muito curtas ou muito longas existentes no seu site.

 

Ter poucos redirects

Evitar ter muitos redirecionamentos internos de páginas par ouras páginas. O excesso de redirecionamentos desperdiça recursos e pode resultar num menor número de páginas indexadas.

 

Não ter páginas sem links

Todas as páginas devem ter links. Uma página sem links é um caminho sem saida para o visitante. É uma experiência desagradável chegar a uma página e não ter um link para clicar.

 

Não ter URLs muito longos

Os URLs devem ter menos de 60 caracteres. Se observar os resultados de pesquisa no Google deve reparar que os endereços muito longos são cortados. Deve por isso procurar que os seus URLs não sejam cortados, limitando o tamanho dos tituos das páginas a 60 cararcters.

<a></a>

Nas nossas plataformas de e-commerce, se os endrereços amigáveis tiverem activos os endereços das páginas são constituidos, pelos valores atribuidos ao URL das categorias, e dos artigos. Com o módulo de geração automática, estes são os nomes atribuidos aos artigos, categorias, marcas e páginas informativas.

 

Não ter demasiados links

Tem existido um grande debate sobre quantos links numa página podem ser considerados demasiados links e assim penalizar o posicionamento da página nos resultados de pesquisa do google. Relativamente ao número máximo tem sido apontado um limite de 100. Este limite parece ter sido confirmado por Matt Cutts numa intervista de Agosto de 2007. Relativamente á penalização esta não se verifica para a página que contêm mais que o máximo de links, mas como em principio o Google só consideraria os 100 primeiros links que encontra, então os ultimos links não oferecem vantagens para as páginas de destino da ligação.

Como já passaram alguns anos, o debate relativamente ao número maximo de links continua, em Abril de 2010 John Mu, engenheiro do Google, afirmou que o máximo de 100 links é apenas uma sugestão. Para além do limite em si mesmo, existe também a questão da distribuição do page rank pelos links, quanto mais links menos page rank é individualmente transmitido.

Concluindo é importante ter como sugestão não um número rigido de 100, mas procurar não ultrapassar muito esse valor, especialmente na home page.

Existem dois polos distintos nos esquemas de links internos, o hierarquico e o plano. No hierarquico os links vão aparecendo para as páginas hierarquicamente inferiores. No plano, todas as páginas recebem links da home page. O esquema de links internos deve ser pensado de forma a transportar o maximo de page rank possivel para as suas páginas mais importantes.

<a></a>

 

Não ter IDs de sessão

Existem sites e plataformas de e-commerce, como por exemplo o osCommerce, quando assim está configurado, que utilizam IDs de sessão como partes do endereço, de modo a identificar uma sessão de utilização de visitante sem colocar cookies. 

Como o protocolo HTTP não tem permanencia de estado, as sessões servem para guardar dados relacionados com o visitante, entre os diversos pedidos que são feitos ao servidor. Então aparecem nos URLs coisas como esta: &PHPSESSID=el4ukv0kqbvoirg7nkp4dncpk3

Se os sites, ou as lojas online, estiverem a colocar os IDs de sessão nos endereços então essas páginas podem ser penalizadas.

As nossas plataformas de e-commerce, excepto as instalações do osCommerce, não têm IDs de sessão nos endereços, e o os-commerce pode ser configuarado para não apresentar os IDs de sessão.

 

Ter um unico hostame

Muitos websites permitem que os utilizadores visitem o seu site quer usando o endereço com www, como o endereço sem www. apresentando páginas e conteúdos completamente iguais. Muitos motores de pesquisa tratam os dois endereços como se fossem sites diferentes, dividindo assim o page rank.

Para evitar esta situação o endereço sem www deve ser redirecionado para o endereço com www.

As nossas soluções de e-commerce vêm configuradas dessa forma. Pelo que este aspecto está optimizado.

 

Boa acessibilidade das páginas

A acessibilidade das páginas é medida por quantos links têm de se seguir (caminho mais curto, pois podem existir vários caminhos) até chegar a cada uma das páginas indivdualmente. As páginas mais importantes devem estar mais facilmente acessiveis, o que quer dizer acessiveis em menos clicks.

De um modo geral deve evitar-se de ter de se seguir mais de três links até chegar a uma página.

 

Ter uma boa estrutura de links

Existem dois polos distintos nos esquemas de links internos, o hierarquico e o plano. No hierarquico os links vão aparecendo para as páginas hierarquicamente inferiores. No plano, todas as páginas recebem links da home page. O esquema de links internos deve ser pensado de forma a transportar o maximo de page rank possivel para as suas páginas mais importantes.

<a></a>

 

Não ter links para página inexistentes

Ligar (linkar) para um página inexistente é extremamente negativo na satisfação das expectativas do utilizador. Que ao escolher um link para clicar espera encontrar na ligação seguida a informação que o link sugeria. Por outro lado desperdiça recursos dos motores de pesquisa, e pode afectar negativamente o posicionamento da página e do site nas listagens de resultados.

 

Não duplicar conteúdos

A duplicação de conteúdos pode ter um impacto negativo no posicionamento nos resultados de pesquisa do que imagine. Não copie conteúdos de outros sites, nem reúse os mesmos textos. Procure ter conteúdo original. Afinal existem sempre várias formas de contar a mesma história.

 

Não ter erros de servidor

Se o servidor onde está alojado o seu web site funcionar mal, ou a plataforma de e-commerce que está a usar tiver erros de programação, ou estiver mal configurada, podem ser emitidos codigos de erro, e as páginas não serem visualizadas como era esperado. Esta situação não é satisfatória nem para os motores de pesquisa nem para os utilizadores, pelo que devem ser evitadas ao máximo.

As nossas plataformas de e-commerce estão testadas e não têm erros de programação que originem erros graves. Também são pré-configuradas pela nossa equipe de forma a suprimir os erros. Por outro lado monitorizamos os nossos servidores de forma a terem uma elevada disponibilidade  e capacidade de resposta, minimizando os erros.

 

Ter texto suficiente para ser relevante

As páginas com pouco texto são objecto de penalização que as torna menos importantes na apresentação de resultados de pesquisas.

 

Ter textos descritivos das imagens

As imagens podem ter textos descritivos, que são usados pelos motores de busca para recolher informação textual sobre a imagem apresentada, e que além disso também é usada para os invisuais.

As nossas plataformas de e-commerce utilizam textos descritivos nas imagens, e permitem no gestores das descrições dos artigos inserir descrições nas imagens.

<img alt="text" />

 

LiveZilla Live Chat Software